19 de março de 2009

Debate presidencial na SUNY - University of Albany




O auditório da Universidade de Albany, capital do estado de Nova York, estava lotado de alunos dos cursos de jornalismo, história e outras humanidades. Interessante foi verificar in loquo quanto aqueles jovens estavam preocupados com os rumos do seu paí. Nào era apenasa questào se teremos ou nào um presidente negro, e sim, quais as propostas desse negro para os Estados Unidos.

Foi singular. Assisti ao lado do filho de um senador americano, infelizmente, nao lembro o nome do senador, mas Neil tecia comentários que quem não estivesse mergulhado no ambiente ou conhecesse todos os códigos da campanha ficaria perdido. Certamente, todos os brasileiros não entenderam 100% dos signos envolvidos. Aliás, este mesmo filho do senador tem apartamento no Rio, encontrei-o há 3 semanas, no carnaval.

Obs: quase todos os presentes era Obama.
obs 2: mesmo os pró McCain (bem poucos) se manifestavam livremente e ninguém reclamou ou ensaiou confusão.
obs 3: o grupo de brasileiros de boca aberta, sem entender nada, pensava: no Brasil, mesmo com a polarização Alckmin xLula, ninguém se manifestou da mesma forma...

Um comentário:

Susan disse...

Vai ser legal quando a juventude brasileira passar a tratar a política como algo de relevância nas nossas vidas. Não to dizendo que é sempre assim nos EUA, mas estas eleiçoes, pelo poder histórico e o caráter de mudanças, mexeu com a juventude americana demais. E que bom que vc tava lá pra ver isso né?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails